28/10/20 10:22

Agenda privatista: presidente da Caixa já fala sobre IPO do banco digital para 2021

 

2020-10-28.png

As ameaças contra a Caixa 100% pública continuam. Após o presidente Jair Bolsonaro sancionar a lei que torna permanente a poupança social digital, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, já anunciou à agência Reuters, que pretende realizar a oferta inicial de ações (IPO) do banco digital em 2021 e avalia fazer a listagem no Brasil e no exterior.

Os comentários de Guimarães, que saíram na mídia, foram feitos depois de Bolsonaro ter assinado um decreto tornando permanentes as contas digitais criadas para pagamento do auxílio emergencial e que agora poderá ser ampliada para o pagamento de outros benefícios sociais. 

Para dar seguimento ao cronograma de privatizações, o presidente da Caixa também informou que pretende vender cerca de 15% do Caixa Tem por meio do IPO. Porém, a ação depende de aprovação do Banco Central e as tratativas para constituir o negócio ainda estão no início.

Vale ressaltar que não só o banco digital está na mira do governo. Muito já foi falado sobre a intenção de vender a Caixa Seguridade, loterias, gestão de ativos e cartões. Se assim for, de grão em grão, a Caixa será 100% privatizada, destruindo todo o papel social do banco e os benefícios da população brasileira. 

Compartilhe