06/09/19 11:52

Caixa ignora trabalhadores e clientes e decide fechar três superintendências regionais

 

Caixa-encerra-tres-superintendencias-regionais.jpg

Sem qualquer aviso e justificativa, a Caixa anunciou de forma inesperada o fechamento de três superintendências regionais (SRs) do banco. A decisão é mais uma medida que deixa claro a desconsideração e o desdém de Pedro Guimarães, presidente da Caixa, com o quadro de pessoal e com os clientes do maior banco público da América Latina.

O comunicado, feito na quinta-feira (5), informou que as superintendências regionais que tiveram o seu encerramento sem mais nem menos são: duas do Estado de São Paulo, as SRs Ipiranga e Pinheiros; e uma do Estado de Minas Gerais, a BH Norte.

As SRs, que cumprem função fundamental para o suporte às agências bancárias, tiveram o anúncio do encerramento de suas atividades justamente uma semana antes da liberação do pagamento do FGTS, que, além de prejudicar o trabalho dos empregados da instituição, atingirá drasticamente o atendimento aos clientes no banco.

“A falta de diálogo de Pedro Guimarães com os empregados da Caixa é absolutamente desrespeitosa. Adotar uma medida de tamanho impacto para os clientes e para o quadro de pessoal sem nenhuma explicação, deixa claro o desejo nefasto da direção da empresa. O momento agora tem que ser de união máxima dos empregados, independentemente do segmento em que atuam. Ao defender clientes e empregados, estamos defendendo uma Caixa Econômica Federal 100% pública!”, afirma Paulo Matileti, Presidente da APCEF/RJ e Vice-presidente do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro.

 

Compartilhe