27/01/21 10:24

Caixa precisa de contratações imediatas, mas presidente quer abrir novas agências

WhatsApp Image 2021-01-27 at 10.22.02.jpeg

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, anunciou na última sexta-feira (22), em visita a João Pessoa, que pretende abrir novas unidades em 51 cidades e contratar 500 empregados. Enquanto isso, as demandas por novas contratações urgentes das entidades representativas continuam sendo ignoradas. Existe um déficit de cerca de 20 mil postos de trabalho, já que os últimos anos vem sido marcados por saídas em massa dos empregados e não há reposição. A conta não fecha. 

Especialmente durante a pandemia, com o pagamento do auxílio emergencial e de outros benefícios sociais, o quadro de pessoal da Caixa está mais sobrecarregado do que nunca.

"A demanda por novas contratações é urgente. Cada dia que passa os empregados Caixa estão mais sobrecarregados e adoecidos. É uma demanda pelos direitos dos trabalhadores e pela garantia da função social da Caixa 100% pública", afirma o presidente da APCEF/RJ, Paulo Matileti.

Face a esse cenário, a Fenae e a Contraf/CUT abriram um abaixo-assinado para coletar assinaturas reivindicando a recomposição do quadro de empregados. Participe clicando aqui. É de extrema importância que os trabalhadores se juntem a essa luta! 

Compartilhe