28/04/21 10:33

Dia do Basta no Rio mostra a força dos bancários

WhatsApp Image 2021-04-28 at 10.22.18.jpeg

A paralisação de 24h desta terça-feira (27), ou Dia do Basta, em nome dado pela categoria bancária, mobilizou grande parte dos empregados na defesa da Caixa 100% pública e dos direitos dos trabalhadores. No Rio de Janeiro, a adesão foi grande e foram paralisadas todas as unidades da Avenida Rio Branco, no centro financeiro da capital carioca. 

A diretoria da Caixa sentiu a pressão e, antes mesmo do dia chegar, na segunda-feira (26), tentou impedir a manifestação legítima através de pedido de tutela cautelar alegando que a paralisação era abusiva, com cunho ideológico e não trabalhista. O Tribunal Superior do Trabalho (TST) indeferiu o pedido absurdo e determinou a garantia do direito de greve de 40% dos empregados - 60% tiveram que trabalhar para realizar os serviços de compensação bancária e pagamento do auxílio emergencial. 

Mas, no fim das contas, a categoria bancária conseguiu mostrar sua força. 

"Estamos lutando contra o desmonte da Caixa pública, contra o desrespeito da diretoria com os trabalhadores que tanto fazem pelo Brasil e pelos brasileiros. O Dia do Basta foi fundamental para mostrarmos que não vamos aceitar os absurdos que a diretoria do banco e este desgoverno privatista tentam passar" reforça o presidente da APCEF/RJ, Paulo Matileti. 

A paralisação foi um protesto contra a abertura de capital da Caixa Seguridade, setor estratégico responsável por 45% do lucro do banco, prevista para acontecer nesta quinta-feira (29), bem como o pagamento menor da PLR Social aos trabalhadores e outros abusos vindos da diretoria. Não vamos parar por aqui, seguimos na luta! 
 

Compartilhe