12/04/21 11:00

Em plena pandemia, Caixa tem falta de clareza na vacinação contra H1N1

WhatsApp Image 2021-04-12 at 10.56.21.jpeg

Em 2020, em plena pandemia do novo coronavírus, empregados da Caixa enfrentaram dificuldades na vacinação contra a H1N1, vírus que há mais de 10 anos provocou uma crise mundial na saúde, por falta de informações do banco sobre o convênio Saúde Caixa com laboratórios credenciados. Frente a isso, na última quinta-feira, a Comissão Executiva dos Empregados da Caixa (CEE/Caixa) enviou ofício à diretoria do banco cobrando esclarecimentos e informações sobre o cronograma anual de vacinação contra a gripe.

Vale ressaltar que no contexto atual brasileiro, no pior momento da pandemia, é crucial que a vacinação contra a H1N1, parte da política interna da saúde do trabalhador, seja a mais efetiva possível a fim de aliviar o sistema de saúde - já colapsando por conta da COVID-19. É absurdo ter que cobrar do banco que esclareça quais são os laboratórios credenciados para a aplicação, mas para que a situação do ano passado não se repita fez-se necessário. Enquanto a vacina da COVID-19 não chega para todos, é fundamental que todos estejam protegidos ao máximo.  

Compartilhe