04/02/21 10:32

Frente Parlamentar pelos bancos públicos é relançada no Rio

WhatsApp Image 2021-02-04 at 10.31.00.jpeg

Na Reunião Pública da Câmara dos Vereadores do Rio que aconteceu de forma online nesta quarta-feira (03) foi anunciado que a Frente Parlamentar em Defesa dos Bancos Públicos irá retomar as atividades. A ação foi tomada pela bancada do Partido dos Trabalhadores (PT), composta por Lindbergh Farias, Reimont Luiz Otoni Santa Bárbara e Tainá de Paula, que buscam reforçar a importância dos bancos públicos para o Rio de Janeiro e alertar para os prejuízos de seu enfraquecimento e privatização. A intenção é que seja uma frente suprapartidária e conte com a participação do prefeito, Eduardo Paes (DEM). 

A frente em defesa dos bancos públicos foi criada na Câmara Municipal do Rio em 2017, atuando contra a privatização da Caixa e do Banco do Brasil, e agora deve incluir também o BNDES. Estamos em um contexto de forte ataque aos bancos públicos e instituições estatais de forma geral, e a função social que entidades como a Caixa exercem corre perigo. Por isso, ações como a frente parlamentar são fundamentais.

Na reunião pública, o presidente da APCEF/RJ, Paulo Matileti, reforçou a importância de uma ação conjunta com os trabalhadores da Caixa, parlamentares e prefeitos. A APCEF/RJ, por exemplo, vem se comunicando com prefeitos dos municípios do Rio buscando maior mobilização política em defesa da Caixa 100% pública. "Temos que mobilizar os trabalhadores, mas também os parlamentares. Precisamos fazer uma frente, independentemente de partidos, para mostrar a importância da Caixa no cenário nacional para os brasileiros e o povo menos favorecido", afirmou.

Compartilhe