10/06/21 15:36

FUNCEF quer acabar com representatividade dos empregados

WhatsApp Image 2021-06-10 at 15.08.28.jpeg

No próximo dia 15, o Conselho Deliberativo da FUNCEF irá se reunir para deliberar, dentre outras coisas, a retirada da representação das regionais e a terceirização da central de relacionamento e atendimento aos participantes da Fundação. São duas medidas totalmente prejudiciais para os participantes e para os empregados de maneira geral, por promoverem um esvaziamento da representatividade, um distanciamento nas tomadas de decisão e queda na qualidade da prestação dos serviços de atendimento e relacionamento. 

A representação das regionais é fundamental para uma proximidade dos participantes e para ter focos de atendimento. É fundamental ainda considerarmos que estamos em um momento de pandemia, que demanda acolhimento, orientações e informações, tornando o contexto ainda mais inviável para mudanças bruscas, que desconsideram totalmente as necessidades dos participantes. 

Vale considerar ainda que a terceirização do atendimento resultaria numa queda da qualidade e abrangência de informações, pois se estaria trocando um serviço consolidado por um novo que atenderá às necessidades apenas parcialmente, causando ainda absorção de outros assuntos a outras áreas da Fundação. 

Dessa forma, a APCEF/RJ considera as duas medidas absurdas e defende que os interesses e a voz dos participantes sejam ouvidos e, mais que isso, priorizados nessa e em outras decisões da FUNCEF. 
 

Compartilhe