09/07/20 09:43

Mexeu com a Caixa, mexeu com o Brasil

mexeu com a caixa mexeu com o brasil.jpeg

Mesmo em meio a degradante pandemia, onde a Caixa com o pagamento do auxílio emergencial demonstrou ser imprescindível como banco social, os projetos privatistas continuam sendo divulgados a torto e a direita por membros do governo, em particular pelo ministro Paulo Guedes e por Pedro Guimarães, presidente da Caixa. Além disso, a direção do banco continua demonstrando falta de respeito com a saúde de seus empregados, clientes e usuários, ao fazer enorme pressão para o retorno precoce ao trabalho presencial.

Para contrapor a situação, os empregados da Caixa realizam hoje, quinta-feira, 9 de julho, um Dia Nacional de Luta. O protesto digital visa dar o seguinte recado à direção da empresa e ao governo: #MexeucomACaixaMexeuComOBrasil. Para isso, os trabalhadores utilizarão a hashtag #MexeucomACaixaMexeuComoBrasil em todas as postagens no Twitter, Facebook, Instagram e demais redes, a partir das 11 horas de hoje, durante todo o mês.

"O momento é crucial e a participação de todos é fundamental. Assim, peço aos colegas da Caixa (ativos e aposentados) para que participem e incentivem outros a participarem do importante protesto utilizando em suas postagens, durante todo o mês de julho, a hashtag #MexeucomACaixaMexeuComoBrasil", disse Paulo Matileti, Presidente da APCEF/RJ.

Compartilhe