26/04/21 10:40

Parlamentares reivindicam prioridade dos bancários na vacinação

WhatsApp Image 2021-04-26 at 10.39.20.jpeg

A luta pela inclusão dos bancários, principalmente os da Caixa, entre os grupos prioritários no Plano Nacional de Vacinação continua. A Medida Provisória (MP) 1039/21, editada em 18 de março e que instituiu o auxílio emergencial 2021 para o enfrentamento da pandemia conta com sete emendas de parlamentares de diferentes partidos que reivindicam a prioridade dos bancários na distribuição da vacina. A apreciação destas emendas depende da votação do texto principal da MP, que entra em regime de urgência no próximo domingo (2). 

Os parlamentares argumentam, entre outras coisas, que a vacinação prioritária dos bancários Caixa se justifica pelo seu trabalho essencial no atendimento dos milhões de brasileiros na distribuição do auxílio emergencial (68 milhões de pessoas em 2020), reinstaurado pela própria MP. A vacinação deste grupo contribuiria para a diminuição da disseminação do vírus em um momento de agravamento da pandemia e colapso no sistema de saúde. 

A APCEF/RJ concorda e reforça a importância de mobilizações como essa para o avanço da pauta. É necessário que bancários, entidades representativas, parlamentares e sociedade civil estejam envolvidos nessa luta! Acompanhe o site da campanha Vacina Já!, compartilhe e divulgue!

Confira abaixo as emendas apresentadas pelos parlamentares: 

– Emenda 25, deputado Luiz Carlos Motta (PL/SP) – Inclusão dos bancários entre os grupos prioritários para vacinação contra a Covid-19. 

– Emenda 24, deputado Pedro Uczai (PT/SC) – Inclusão dos bancários entre os grupos prioritários para vacinação contra a Covid-19. 

– Emenda 25, deputado Luiz Carlos Motta (PL/SP) -Inclusão dos bancários da Caixa Econômica Federal que estão prestando atendimento presencial durante o calendário de pagamento do auxílio emergencial no grupo prioritário para vacinação. 

– Emenda 36 – deputado Tadeu Alencar (PSB/PE) – Considera-se grupo prioritário para o recebimento da vacina contra o COVID-19 os funcionários da Caixa Econômica Federal que realizem atendimento presencial para pagamento do Auxílio Emergencial 

– Emenda 67 – deputado Orlando Silva (PCdoB/SP) – Os bancários da Caixa Econômica Federal, que estão na linha de frente no atendimento dos serviços essenciais à população, deverão ser incluídos no grupo prioritário para vacinação. 

– Emenda 93 – deputado Christino Áureo (PP/RJ) – Fica incluída a categoria dos bancários entre os grupos prioritários para vacinação contra a Covid-19. 

– Emenda 150 – deputado Pompeo de Matotos (PDT/RS) – Fica incluída a categoria dos bancários entre os grupos prioritários para vacinação contra a Covid-19. 

Compartilhe