29/03/21 13:08

Priorizar a vacinação na Caixa é proteger a vida de empregados e clientes

Os empregados da Caixa já demonstraram em diversas oportunidades que são capazes de dar o máximo em prol do atendimento aos usuários do banco. O esforço coletivo durante o pagamento do Auxílio Emergencial foi e continuará sendo um dos maiores exemplos disso. Porém, a exposição dos bancários ao vírus da Covid-19 precisa ser reconhecida urgentemente pela direção da empresa e pelas autoridades, pois a saúde dos trabalhadores e usuárias estão a cada dia mais em risco. Providências precisam ser tomadas com urgência pela direção da empresa. Priorizar a vacinação dos bancários não é privilegiar uma categoria cuja atividade é considerada essencial, mas sim proteger a vida de trabalhadores e clientes.

 

Não há dúvida de que ficar o expediente inteiro nas agências em ambientes fechados atendendo os usuários e compartilhando do mesmo ar dia após dia é uma condição de alto risco. Não se pode discordar que a grande demanda e o déficit de empregados fazem crescer o tempo dos clientes nas agências, oxigenando assim os riscos de contaminação de todos. A cada dia que passa as agências estão ficando mais e mais lotadas. As notícias de empregados da Caixa e familiares entubados por causa da Civid-19 são alarmantes. O descaso com os trabalhadores da Caixa vem matando e afetando a saúde mental de muitos. O crescente medo se aproxima do pânico.

“A situação é drástica. Mas mesmo assim a Caixa segue exigindo metas abusivas e encurralando os trabalhadores. Para piorar, a aproximação da data de pagamento do Auxílio Emergencial, que começar a partir do dia 4 ou 5 de abril, tem aumentado e muito a preocupação e medo dos bancários. Vivemos dias difíceis com média de mortos por Covid-19 na casa de mil por dia.  Aumenta a cada dia também as notícias de empregados da Caixa contaminados, entubados e mortos. A direção da Caixa e autoridades precisam tomar providências com a máxima urgência. Enquanto isso não acontece, a APCEF/RJ segue defendendo e exigindo vacina já para todos os empregados da Caixa”, disse Paulo Matileti, Presidente da APCEF/RJ.

 VACINA JA.jpg

Compartilhe