11/01/21 09:00

Salve a Caixa: 160 anos pública

WhatsApp Image 2021-01-07 at 13.55.16.jpeg

No próximo dia 12 de janeiro a Caixa chega aos 160 anos em meio a risco de privatização e complicações para empregados. É isso mesmo, a centenária Caixa Econômica Federal faz aniversário no próximo dia 12 de janeiro. Porém, os trabalhadores estão buscando o que comemorar. Isso porque o maior banco público da América Latina continua recebendo ataques do governo de Jair Bolsonaro e de seu seguidor e presidente da empresa, Pedro Guimarães.

É inequívoco o importante papel social da Caixa, que atende toda a população através de serviços bancários e programas sociais. Iniciativas como o Minha Casa, Minha Vida (em breve, Casa Verde e Amarela), Bolsa Família, FIES, Bolsa Atleta e tantos outros, além das grandes operações comerciais como o pagamento do FGTS e do PIS, tão relevantes para a economia do país, são alguns dos exemplos da relevância da Caixa para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil.

Ainda assim, vimos inúmeras iniciativas da direção do banco visando o sucateamento da empresa. Em contrapartida, mesmo com os mais variados ataques e a enorme falta de respeito e consideração com o quadro de pessoal e terceirizados, os empregados e as empregadas não esmoreceram e enfrentaram de peito aberto as dificuldades que se apresentaram em 2020, como a desordenada reestruturação, o Programa de Demissão Voluntária em meio ao déficit de trabalhadores e a nefasta pandemia causada pela COVID-19, que, diga-se de passagem, também vem matando trabalhadores da Caixa.

Assim, este 12 de janeiro de 2021 não vai ser um dia para comemorações, mas com certeza, deve ser lembrado por todos como uma data para homenagear a importância da Caixa e seus trabalhadores para o desenvolvimento social e econômico do país. Mais do que nunca, é importante não esquecer que a Caixa é do povo para o povo, e a venda de seus ativos e serviços irão trazer consequências para toda a sociedade brasileira.

Por isso, mesmo em meio às homenagens, se faz necessário não esmorecer, bem como intensificar ainda mais a mobilização em defesa da Caixa 100% pública e dos direitos dos empregados. O governo Bolsonaro e a direção do banco podem discordar, mas nós que trabalhamos e conhecemos a centenária empresa, sabemos de seu valor e de sua importância para o povo brasileiro.

Salve os 160 anos da Caixa. Salve a Caixa 100% pública!

Paulo Matileti
Presidente da APCEF/RJ

 

Compartilhe