08/04/21 12:26

Vacina Já: Campanha da Fenae e Apcefs visa pressionar o governo

WhatsApp Image 2021-04-08 at 12.40.55.jpeg

Já são mais de 330 mil mortes pela pandemia no Brasil, que se tornou o novo epicentro da doença e de novas variantes por conta da negligência governamental ao longo deste ano pandêmico. Frente a esse cenário, nosso único remédio é a vacina (e não os tratamentos precoces sem evidência científica que Bolsonaro e apoiadores tanto defenderam), que também foi prejudicada. A vacinação vem seguindo a passos lentos e precisamos de 70% da população vacinada para pararmos a contaminação. Com isso, a Fenae e as Apcefs lançam a campanha Vacina Já, para pressionar o governo pela vacinação de todos e a inclusão dos bancários da Caixa no grupo prioritário. 

A campanha já tem uma plataforma e pode ser acessada em www.fenae.org.br/vacinaja, onde é possível ler as matérias, ver vídeos de apoiadores e baixar os materiais de divulgação. O objetivo é que os empregados da Caixa e população em geral possam acessar facilmente informações sobre a campanha e as ações na luta para incluir os trabalhadores Caixa como prioridade. Prioridade essa que é justificada pelo trabalho essencial que a categoria vem exercendo na pandemia, na linha de frente do atendimento de milhões de brasileiros (cerca de 100 milhões em 2020). Foram esses bancários os responsáveis pelo atendimento e distribuição do auxílio emergencial para 68 milhões de pessoas, se arriscando em agências insalubres. E agora, com a segunda fase do auxílio e no pior momento da pandemia, a situação tende a se complicar.

Vale ressaltar que a Fenae já cobrou o Ministério da Saúde com dois ofícios reivindicando a necessidade da inclusão dos bancários Caixa como prioridade. Seguimos então com a campanha Vacina Já na luta para que nossas demandas sejam atendidas e para que possamos sair dessa situação o mais rápido possível rumo à uma recuperação do país. 

 

Compartilhe